20 de set de 2013

Alunos evangélicos do ensino médio se recusam a fazer trabalho sobre cultura afro-brasileira.

"Alunos evangélicos do ensino médio se recusam a fazer trabalho sobre cultura afro-brasileira."

Fonte: acritica.uol.com.br

A falta de estudo leva, facilmente, à esta confusão entre cultura e religião. E o pior é que este tipo de (falta de) pensamento vai sendo transmitido adiante, sem que os indivíduos reflitam. Estes alunos que chegaram ao ensino médio já com esta visão deturpada, terão problemas mais sérios ao ingressar na faculdade, onde uma recusa deste tipo não seria aceita.
Desconhecem - ou preferem desconhecer - a própria bíblia, onde o apóstolo Paulo de Tarso diz: "EXAMINAI TUDO. RETENDE O BEM" (1 Tessalonicenses 5: 21).

Há alguns anos fui à duas belíssimas exposições, uma sobre a África e outra sobre o Islã, e APRENDI que a arte destas culturas tem uma forte influência da religião. Posteriormente, estudei um pouquinho mais para entende-las e respeitá-las, mesmo não adotando nenhuma delas para minha vida.
Na faculdade, fiz um trabalho de "antropologia cultural" sobre brigas de galo. Ou melhor, sobre um antropólogo que se instalou num país exótico para estudá-lo, e o alvo de seus estudo era a cultura local, baseada em brigas de galo. Então eu tive de falar sobre brigas de galo! Um assunto bem desagradável para mim. Mas como eu poderia falar sobre isso sem procurar entender?
Como entender algo (uma cultura, uma religião) ou alguém se a gente nem mesmo de disponibilizar para isso?

Até mesmo para combater é preciso conhecer aquele ou aquilo que se combate!

19 de set de 2013

A pressão da opinião pública e a vontade do povo


“Me coloco na contracorrente do oba oba institucional* que estamos vivendo.”

(Aloysio Nunes Ferreira (SP), líder do PSDB no Senado, contrário ao fim do voto secreto para todas as deliberações nas Casas Legislativas do país.)

(*) Pressão da opinião pública pelo voto aberto total.

Se a opinião pública é uma representação do pensamento e/ou da vontade popular, então é uma vontade do povo.
Para que este senhor foi eleito, senão servir à nação, que é o mesmo que servir ao povo que nela vive?

O "nobre" senador, parece, esqueceu que não é pago para legislar em causa própria e nem apenas para seus eleitores, mas sim para legislar em favor de todos os brasileiros. Um dos colegas do citado senador, Roberto Requião (PMDB-PR), discorda completamente dele com relação à questão do voto aberto e ao clamor popular, dizendo que este "é um grito das ruas".

Para quem não sabe do que estou falando, a PEC (proposta de emenda à Constituição) que extingue o voto secreto em todas as deliberações do Poder Legislativo, inclusive em casos de escolha de autoridades e exame de vetos, foi aprovada pela CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) em 18/09/2013, e segue agora para deliberação no plenário do Senado, em dois turnos de votações.

Fontes: R7 Notícias e Valor Econômico

18 de set de 2013

E se o Rock in Rio fosse em 1975?

O Rock in Rio 1975 se aproxima, e a imprensa já especula sobre prováveis atrações musicais para o festival. Algumas são novidades, outros são artistas já consagrados no panorama nacional e internacional.



NACIONAIS

Antonio Carlos & Jocafi
Azimuth
Belchior
Benito Di Paula
Beth Carvalho
Beto Guedes
Caetano Veloso
Casa das Máquinas
Celly Campelo
Chico Buarque
Clara Nunes
Claudia Barroso
Elis Regina
Erasmo Carlos
Fafá de Belém
Gal Costa
Genival Lacerda
Golden Boys
Hyldon
Ivan Lins
Jair Rodrigues
Jorge Ben
Luiz Melodia
Made in Brazil
Maria Alcina
Maria Bethânia
Martinho da Vila
Milton Nascimento
O Peso
O Terço
Odair José
Os Mutantes
Paulinho da Viola
Raul Seixas
Rita Lee & Tutti-Frutti
Roberto Carlos
Sá & Guarabyra
Secos & Molhados (Há rumores que a banda esteja se desfazendo!)
Silvio Brito
Simone
Vanusa
Vímana
Wando
Zé Rodrix



INTERNACIONAIS
ABBA
AC/DC
Aerosmith
Barbara Mason (Yes, I'm Ready) http://youtu.be/y70rva97auM 
Barry Manilow
Barry White
Billy Paul
Black Sabbath
Blue Magic (Sideshow)
Captain & Tennille (Do that to me one more time) http://youtu.be/ry4ngf766N0 
Carpenters
Cat Stevens
Charles Aznavour
Chrystian (No Broken Heart)
Commodores
David Bowie
Deep Purple
Diana Ross & Marvin Gaye
Frankie Valli
Genesis
George McCrae (Rock Your Baby) http://youtu.be/arxhW1RgDDo 
Gloria Gaynor
Hollies
Jackson 5
Jean Michel Jarre
Joe Cocker
KC & The Sunshine Band
Kiss
Kool & The Gang, Tower Of Power (So Very Hard To Go) http://youtu.be/APlwRR9IO_E 
Kraftwerk
Led Zeppelin
Left Side (Mamma Mia (Everytime I See Ye) http://youtu.be/wus_9KDkXUA 
Love Unlimited Orchestra
Mark Davis
Morris Albert
Neil Sedaka (Laughter in the rain) http://youtu.be/Uec35ppYLIc New York Dolls
(Patti) LaBelle (Lady Marmalade) http://youtu.be/t4LWIP7SAjY 
Paul Denver
Paul McCartney & Wings
Pink Floyd
Queen
Rolling Stones
Stevie Wonder
Stylistics
The Dictators

The Elton John Band
Van McCoy (the hustle) http://youtu.be/wj23_nDFSfE 
Wess & Dori Ghezzi (Tu Nella Mia Vita; Noi Due Per Sempre)
Yes

Além de atrações musicais,
no festival o público poderá se divertir em um parque com tobogã, carrossel, teleférico, balão pula-pula, trem fantasma, roda gigante e montanha russa.

4 de set de 2013

Brasileirão político

Placar da Câmara nos últimos jogos decisivos:

28/08/2013:
Combinado Sem-Vergonhice/Casos Omissos  280  X  233  Vergonha na Cara

(O Casos Omissos tinha 4 jogadores vetados pelo departamento médico, 50 no banco (digo, em cima do muro) e outros 50 "se esqueceram" do horário do jogo)


03/09/2013:
Combinado Vergonha na Cara/Sem Opção  452  X  61  Combinado Sem-Vergonhice/Casos Omissos

(Neste jogo, o time do Sem Opção se ofereceu para reforçar a equipe do Vergonha na Cara)


Próximos jogos:
17/09/2013 (provavelmente) no campo do Senado

Quem paga a conta do lixo?

 
É justo e urgente pensar e agir sobre a destinação do lixo, mas igualmente, deve-se repensar e agir responsavelmente com relação à sua produção.
Sendo empresas - e não o povo - os fabricantes de produtos e usuários iniciais de embalagens que em algum momento irão ser descartados, porque a responsabilidade do descarte consciente é atribuída apenas ao cidadão comum, e destas empresas nada é cobrado?