24 de nov de 2009

Gratidão - uma parte dO Segredo

Recebi de um amigo por e-mail. É um ponto de vista muito interessante e positivo.

"Sou grato...

À minha mulher,
por dizer que teremos cachorro-quente ao jantar, porque ela está em casa comigo e não com algum outro não sei onde!

Ao meu marido,
esparramado no sofa como um purê de batata, porque ele está comigo e não em algum boteco...

À adolescente lá de casa,
que está reclamando por ter que lavar a louça, porque isso significa que está em casa, e não nas ruas...

Pelas broncas do chefe,
pois isto significa que estou empregado...

Pela bagunça que restou depois da festa,
porque isto significa que estive rodeado de amigos...

Pelas roupas que estão ficando apertadas,
porque isso significa que tenho mais que o suficiente para comer...

Pela minha sombra que me observa em ação,
porque isso significa que estou fora, ao sol...

Pela grama que precisa ser cortada, pelas janelas que precisam ser limpas e pelas calhas que preciso consertar,
porque isso significa que tenho uma casa...

Por todas as queixas que ouço contra o governo,
porque isso significa que temos liberdade de expressão...

Pela vaga que achei bem no final do estacionamento,
porque isso significa que posso caminhar e que tenho meio de transporte...

Pela conta monstruosa de energia que pago,
porque isso significa que estou sempre confortável...

Pela senhora desafinada que canta atrás de mim na igreja,
porque isso significa que posso ouvir...

Pela pilha de roupas para lavar e passar,
porque isso significa que tenho roupa para vestir...

Pelo cansaço e músculos doloridos ao final do dia,
porque isso significa que fui capaz de dar duro o dia inteiro...

Pelo alarme que desligo pela manhã,
Porque isso significa que continuo vivo...

Sou grato pelos aloprados que são meus colegas de trabalho,
porque tornam o trabalho interessante e divertido...

E, finalmente, por receber e-mails demais,
pois isso significa que um monte de amigos pensa em mim!

Mande isto para quem você gosta, como eu fiz!

Viva bem, ria sempre e ame com todo o seu coração!"

Minha ressalva: Se gostar realmente daqueles para quem você vai mandar a mensagem, apague todos os endereços de e-mails do corpo da mensagem, e coloque os SEUS contatos no campo CCO. Quem ama, usa o CCO!

15ª PRIMAVERA DOS LIVROS - Rio de Janeiro


A 15ª Primavera dos Livros acontece de 26 a 29 de novembro, e tem patrocínio da Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, tradicional parceira do evento.

Este ano, o tema do encontro dos editores independentes é a literatura de Cordel, em homenagem ao centenário de nascimento do poeta e cordelista cearense Patativa do Assaré. Realização da Libre - Liga Brasileira de Editoras, a Primavera dos Livros Rio de Janeiro 2009 vai ocupar o jardins do Museu da República, das 10h às 22h, com lançamentos, atividades para crianças, uma programação especial para professores e profissionais do mercado editorial, e venda de livros com até 40% de desconto. Em cerca de 90 estandes, os editores estarão presentes para trocar ideias com o público. A entrada é gratuita.

15ª Primavera dos Livros
26 a 29 de novembro de 2009 (dia 26, a partir das 18 horas)
Jardins do Museu da República
Rua do Catete, 153 - RJ
Das 10h às 22h
Entrada gratuita

Projeto Papai Noel dos Correios - 2009

O Projeto Papai Noel dos Correios é uma ação corporativa que tem como foco principal o envio de carta-resposta às crianças que escrevem ao “Papai Noel”. O objetivo central é manter a magia do Natal.

Além de estimular a redação de cartas manuscritas pelas crianças, o projeto visa atender aos pedidos de presentes de Natal de crianças em situação de vulnerabilidade social, estimular o voluntariado dentro e fora da empresa e incentivar a solidariedade dos empregados e da sociedade.

O destinatário do projeto é a criança de até 10 anos que envia pelos Correios uma cartinha ao Papai Noel. As cartas que partem das comunidades carentes em todo o País são separadas e colocadas à disposição da sociedade para quem quiser adotá-las (as cartas). Ou seja, nem todas as crianças carentes serão necessariamente atendidas.

Para adoção é feita uma triagem, sendo prioridade as cartas escritas por crianças que não tenham sido contempladas com presentes no ano passado, que contenham pedidos de brinquedos e que indiquem condição socioeconômica familiar condizente com o projeto. Os critérios de atendimento de pedidos são razoabilidade e possibilidade.

Participarão do projeto as cartas recebidas até 5/12/2009. Todos os esforços serão feitos pelos Correios para que tanto os presentes doados quanto as respostas às cartas das crianças sejam entregues até o dia do Natal.

Todas as pessoas da sociedade podem colaborar, tanto como voluntários para auxiliar na leitura e triagem das cartas, como para adotar um pedido. Para isso, basta entrar em contato com a “Casa do Papai Noel” de sua região (clique aqui).

O projeto não possui caráter político, religioso, partidário ou comercial.

Informações completas: http://www.correios.com.br/institucional/conheca_correios/acoes_cidadania/acoes_cidadania.cfm (ao carregar a página, clique no menu à esquerda, nas opções "Ações de cidadania", e em seguida, "Papai Noel do Correios".)

20 de nov de 2009

Criança desaparecida! Urgente?

Recebo, volta e meia, mensagens sobre desparecimento de crianças, entre outros de utilidade pública, que pedem para ser repassados ao maior número de pessoas possível.

O mais recente - ontem - transmite o apelo de um pai que procura sua filhinha desparecida. Como já vi de tudo na Internet, uma simples busca no Google digitando o nome do pai, da menina e do assunto, "desparecida", me revelou que a garotinha já tinha sido encontrada... em 2005!

Eu diria que é indispensável usar Internet e e-mail para comunicacões de desaparecimento de pessoas, entre outras coisas muito importantes, mas a velocidade e a eficiência com que se comunica a resolução de tais problemas é lamentável. Este, por exemplo, já foi resolvido há 4 anos e ninguém se preocupou em comunicar isso, nem mesmo os sites da web que publicaram o desaparecimento da menina. Isso também ocorre na imprensa escrita, infelizmente.

Agora, sabedores disso, façamos a nossa parte, completa: Comunicando/encaminhando/repassando um problema, mas também a sua solução, quando e se ocorrer. Para saber se o tal problema já foi resolvido ou não, ou mesmo se se trata de um boato (hoaxes, coisa muito comum, também), faça uma rápida busca no Google escrevendo os nomes e/ou assuntos envolvidos, e veja algumas das páginas com as respostas da busca, antes de encaminhar para todos os seus contatos.
E, caso encaminhe, evite aquela longa lista de e-mails de gente que você nem conhece, mas que acompanha as mensagens que você envia ou recebe: em vez de mandar com cópia (CC) para seus contatos, mande com cópia oculta (CCO) para que o(s) destinatário(s) principal(is) da mensagem não saiba(m) que vc enviou também para os endereços de e-mail constantes nesse campo (CCO).

12 de nov de 2009

Massa e drogas: "Droga não deve ser ruim..."

"Muitos que conheci entraram nas drogas, assim como eu poderia ter entrado, mas para que eu devo experimentar algo que vai me fazer mal? Droga não deve ser ruim, porque se fosse ruim ninguém usava, mas você tem que saber que esse tipo de coisa não vai te ajudar em nada."

(Felipe Massa, numa entrevista para a Radio Jovem Pan em ontem,12/11/09)

Fonte: Redação Yahoo! Esportes


Muita gente caiu de pau em cima do piloto da Fórmula Um por conta desta declaração. Não vi nada demais nela.

Infelizmente, o brasileiro em geral tem dificuldade para ler e, consequentemente, entender. Daí decorre a má interpretação, e cada um a dá conforme seus próprios interesses.

O que um indivíduo considera bom (drogas lícitas ou ilícitas, chocolate, café, gordurinha da carne etc.) PODE trazer prejuízos à sua saúde. O prazer da utilização é DESTE indivíduo, e ele PODE ingerir a substância que desejar; mesmo que NÃO DEVA. Sua família PODE sofrer com as consequencias de seu ato.

Massa deixou claro que não usa pela sua própria saúde e pela sua famíla, e deixa implícito que , também, pela sua família de origem (pai, mãe, irmãos).
Mas não condenou quem usa, tampouco incentivou alguém a experimentar.

Esmiuçando...

"Droga não "DEVE" ser ruim..."

"...mas para que eu devo experimentar algo que vai me fazer mal?"

Muitos pais não tocam neste assunto em casa "para não despertar a vontade" de seus filhos, mas não sabem o que suas "crianças" andam fazendo, "lá fora". Equivale a não pronunciar a palavra "câncer" para não contrair a doença.

Lembro-me daquela piada dos galos de briga:

"Numa cidade do interior, um viajante, sem ter o que fazer, foi assistir as tradicionais brigas de galo. Por não entender nada do assunto, pediu ajuda a um homem ao seu lado.
- Por favor, qual é o galo bom, o branco ou o vermelho?
- O galo bão é o branco!
O viajante por mais que depressa, apostou tudo no galo branco. Com 30 segundos de briga, o galo
vermelho arrebentou o galo branco. Foi aí que o viajante reclamou:
-Pô! Eu perguntei qual era o favorito e o senhor me falou que era o branco!
- Não sinhô. O sinhô perguntô quar era o galo bão. E o galo bão é o branco.
Se o sinhô tivesse perguntado quar era o marvado..."

O apostador não soube perguntar e o que deu a dica só respondeu o que foi perguntado. Cada um interpretou ao seu bel prazer.

9 de nov de 2009

Um "pouquim" do futebol carioca

Torcedores cariocas, sejamos otimistas, mas Fluminense, Botafogo e Vasco ainda têm que melhorar MUITO pra festejar algo, de verdade. Voltar da série B ou escapar da degola da série A é o MÍNIMO que times que se consideram grandes, com as torcidas que têm, devem fazer. Por enquanto, só o Flamengo está mostrando um bom serviço, assim mesmo depois de um sufoco inicial.

Ou seja: o empenho e a capacidade que estão mostrando somente agora, deveriam ter tido e mantido desde o início!
Jogando só um pouquinho, terão sempre resultados pequenininhos...

5 de nov de 2009

Geisy Arruda, a "Maria Madalena" do século XXI


A estudante de Turismo da UNIBAN, Geisy Arruda, foi ofendida, cercada e intimidada por vários de seus colegas no campus da universidade, por conta da roupa ousada que vestia. Aos gritos de "prostituta! prostituta! prostituta!" (a linguagem falada foi mais coloquial do que esta minha, escrita), a turba ensandecida a seguia, até que a polícia, acionada, fosse lá retirar a jovem das garras das feras incontroladas. Isso aconteceu na semana passada.

Isto aqui aconteceu há mais de dois mil anos: “Os escribas e fariseus trouxeram à sua presença uma mulher surpreendida em adultério, fazendo-a ficar de pé no meio de todos e disseram a Jesus: Mestre, esta mulher foi apanhada em flagrante adultério. E na lei nos mandou Moisés que tais mulheres sejam apedrejadas; tu, pois, que dizes? (...) Jesus se levantou e lhes disse: aquele que dentre vós estiver sem pecado seja o primeiro que lhe atire pedra. (...) Mas, ouvindo eles esta resposta e acusados pela própria consciência, foram se retirando um por um, a começar pelos mais velhos até os últimos, ficando só Jesus e a mulher no meio onde estava. Erguendo-se Jesus e não vendo ninguém mais além da mulher, perguntou-lhe: mulher, onde estão teus acusadores? Ninguém te condenou? Respondeu ela, ninguém, Senhor! Então, lhe disse Jesus, nem Eu tampouco te condeno; vá e não peques mais".
O Evangelho Segundo João - capítulo VIII

Antes de mais nada, estou ciente de que a mulher adúltera da passagem acima e Maria Magdalena, segundo a história bíblica, não são a mesma pessoa. No entanto, frequentemente, são confundidas pelos leigos. Maria Madalena era uma prostituta que, arrependida de seus pecados, foi salva por Jesus; a própria Igreja a estigmatizou como uma mulher promíscua, devassa. Foram precisos 1.378 anos para que o Vaticano corrigisse essa afirmação, em 1969. (fonte: http://www.misteriosantigos.com/jesus_mmada_davinci.htm)
Além disso, penso que o que Geisy faz de sua vida é assunto dela. Ela poderia estar roubando, matando, alimentando o tráfico de drogas e armas, desviando verbas públicas... mas, me parece, seu "crime" foi apenas o de ser uma "loira gostosa usando um provocativo vestido vermelho". Sendo assim, ninguém tem o direito de lhe jogar pedras.

Crenças religiosas à parte, o que quero ressaltar aqui é o atraso em que alguns de nossos companheiros de jornada terrena ainda insistem em viver. Numa época – e, no caso, num ambiente acadêmico - em que se defende tanto a tolerância para com as diferenças, em que se discutem tanto as liberdades individuais, infelizmente ainda existem algumas pessoas que pensam e agem como se estivessem vivendo VINTE SÉCULOS atrás, mas que se acham modernas, "descoladas", cabeças-abertas. Vão para suas baladas, beijam várias bocas diferentes na mesma noite, bebem e dirigem irresponsavelmente, dispensam o sexo seguro, entre outras coisas. Aí, resolvem escolher alguém para atirar as pedras moldadas com as suas frustrações. E ainda encontram várias “vaquinhas de presépio” para acompanhá-las, por “pura” diversão.

Todo cuidado é pouco. Nesse exato momento, uma ou mais dessas pessoas podem estar sentadas ao seu lado, na faculdade, no shopping, na balada, só esperando um vacilo seu, para mostrar toda a hostilidade de que são capazes, todo seu atraso evolutivo. Pior que isso? Só se uma delas for você.

Sugestão para os atrasadinhos: usem essa energia para lutar por algo mais justo e importante socialmente; reúnam-se, vão para as câmaras e assembléias, para o Congresso e o Senado, para os tribunais, e exijam a moral, os bons costumes, a ética e o respeito daqueles que nos esculacham o tempo todo, que fazem o que querem com o nosso dinheiro. Isso, eu apóio; mas sem violência.

Gostou? Comente! Não gostou? Comente, também! Senão, como vou saber?