31 de jan de 2011

POWER BRAZIL, um vídeo da CBS sobre nosso país


Embora muito do que se divulga, na prática, não funcione ou funcione mal (culpa dos humanos, e não das idéias) e por isso precisa ser revisto e melhorado, as conquistas do Brasil e de seu povo na geração Lula são indiscutíveis. Não sou fã nº 1 dele, no entanto: qualquer outro presidente que exerça tal liderança e conduza o país como ele fez merecerá minha admiração. Só que, "nunca antes na história desse país", alguém tinha sido capaz disso...
Aqueles que resistem às mudanças (23%) são os que se sentem ameaçados no seu conforto, os que querem o "bolo" somente para si, e ainda não conseguem dimensionar as vantagens de termos "bolo" suficiente para todos. Um dia eles entenderão... "Estou convencido" disso!

29 de jan de 2011

Campanha "Aumento dos Parlamentares para ajuda à Região Serrana do Rio, já!".

Aumento dos Parlamentares para ajuda à Região Serrana do Rio, já!

Campanha que visa sensibilizar os parlamentares brasileiros para abrir mão de parte de seus reajustes de 2011 no sentido de ajudar a região Serrana do Rio de Janeiro.

Justificativa
A sociedade brasileira se uniu em prol das vítimas da tragédia da Região Serrana do Rio de Janeiro.
A classe política, no entanto, exceto ações isoladas do Governo Federal (que prometeu a contrução de 6 mil casas populares para os desbrigados) e dos governos estadual e municipais (com doação e desapropriação de áreas para as construções), exime-se de sua parte de responsabilidade individual e coletiva tanto nas causas quanto na prevenção de tais tragédias, e muito menos acena com quaisquer ações solidárias necessárias à recuperação de instituições e população atingidas.
Sacrifícios são necessários para esta recuperação, e boa parte da população brasileira vem doando tudo o que possa ser útil, inclusive a voluntariosa e valiosíssima presença, para os desabrigados e desalojados.
Fica aqui o convite para que Vossas Excelências também sejam solidárias e dêem sua cota sacrifício, lembrando àqueles que não representam nosso estado, que os flagelos naturais e suas consequências atingem - ou podem atingir - qualquer parte do país, sendo, portanto, um problema de todos.

De que forma ajudar
O salário mínimo do país teve um reajuste de, aproximadamente, 6,87% em relação à 2010, um pouco acima dos 6,47% apontados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), utilizado para o cálculo do salário mínimo.
Este mesmo índice não é o aplicado ao salário de nossos parlamentares; mas se fosse, e considerando-se que eles não tiveram seus salários reajustados desde 2007, seria justo que este reajuste fosse equivalente a soma dos percentuais de reajuste aplicados no período 2007 a 2010, o que daria algo em torno de 37,81% de reajuste, em vez dos 61,8% de aumento concedidos por eles mesmos. A proposta é exatamente esta: que os parlamentares abram mão dos quase 62% em troca de 37,81%, como 'todo' brasileiro.

Por quanto tempo
Para que nossos representantes em Brasília não tenham prejuízo em seus cofres, isto valeria apenas para este ano de 2011, ao final do qual poderiam rever seus reajustes para o próximo período de mandato (2012-2014).

Quanto
Montante das doações R$ 36.827.116,30* (trinta e seis milhões, oitocentos e vinte e sete mil, cento e dezesseis Reais e trinta centavos)(ver tabelas abaixo), o que dá para tirar muita gente de áreas de risco, não somente desta região, já que lá a construção de 8 mil casas populares (2 mil prometidas pela iniciativa privada) estão garantidas. É possível também, com este dinheiro, mobiliar as casas dos desabrigados (quem perdeu a casa, perdeu seus móveis e utensilios também), alimentar e prestar atendimento médico às vítimas não fatais sem depender somente de voluntários, por escolas para funcionar... Como diria o candidato derrotado à presidência em 2010, "dá para fazer" bastante coisa.
Se ninguém resolver desviar a verba ou os produtos desta...

Os parlamentares estaduais e municipais, cujos rendimentos não fazem parte dos cálculos aqui expostos, também estão convidados a fazer parte desta corrente de solidariedade, bem como os Ministros do Supremo.

Está lançada a campanha!



(*) Entraram nestes cálculos somente os que estão na ativa.

 Fontes: O Globo (Economia), R7 (Economia), ainflacao.com, sidneyrezende.com.

27 de jan de 2011

"Pirataria deixa de gerar 2 milhões de empregos no Brasil." Será?

Operação policial no Rio de Janeiro visa inibir o comércio de produtos falsificados e contrabandeados, e conscientizar a população quanto às conseqüências negativas do consumo destes produtos. 
Esta é a notícia.

Num país como o nosso, em que o marketing empurra massiva e indistintamente ‘necessidades’ de consumo através de toda e qualquer mídia disponível, é natural que mesmo aqueles que não tenham condições de compra de determinados produtos de marca desejem ter, pelo menos, produtos similares a estes. Acrescente-se a esta ‘necessidade’ o fato de que a população que não pode comprar produtos originais é imensa, que os produtos originais tem seus preços elevadíssimos, que os impostos para produção e comercialização de quaisquer produtos legalizados são muito altos no Brasil, que a fiscalização e a punição relativas à entrada, venda e compra de produtos ilegais no país deixa muito a desejar, que a corrupção ativa e passiva ainda impera por aqui e nos países vizinhos, e que a maioria dos empresários que por aqui atuam são extremamente gananciosos.
Reduzir o assunto a dizer que “produtos piratas somente são produzidos e comercializados porque há quem os compre”, pondo a culpa no consumidor, exatamente como é feito com relação a questão das drogas e da ocupação irregular do solo (que origina tragédias decorrentes de chuvas intensas), é uma visão muito simplista e equivocada de quem não deseja aprofundar a discussão e/ou de quem prefere se esquivar da própria responsabilidade, caso tenha algum poder para buscar ou a colaborar na resolução do problema. Esta é minha análise da realidade.

Não acredito que, na hipótese de se extinguir a pirataria de nossa sociedade, dois milhões de empregos sejam criados, por algumas das razões citadas acima; mas acredito que seja possível, desde que sejam mudados os comportamentos mesquinhos e vorazes - não de um determinado grupo, como o de empresários, ou de parlamentares, da União, ou de consumidores, mas o de cada indivíduo que compõe estes grupos, que compõe a nossa sociedade. Esta é minha utopia.

Se você leu até aqui e acha que estou fazendo apologia à pirataria e ao contrabando, antes de vir correndo me criticar, sugiro que leia tudo novamente, mais de uma vez, em momentos diferentes. Aí, provavelmente, vai me entender.

24 de jan de 2011

Doações para Friburgo (SOS Região Serrana)

Uma amiga tem ido a Friburgo levar doações, sem "intermediários", e listou alguns itens que estão sendo necessários por lá. Quem quiser/puder colaborar, entre em contato comigo, que faço as apresentações.

Hoje ouvi no noticiário da TV que as necessidades da população atingida ainda se estenderão por, pelo menos, oito meses... Quando passar o impacto inicial - pricipalmente com o Carnaval se aproximando - as doações tendem a cessar... 

"Amigos

Estou subindo para Friburgo amanhã cedo.
Volto carregada - uma vez mais - graças a Deus e a generosidade de muitos!
Cheguei com uma lista de prioridades (Núcleo de Olaria) que passei verbalmente a muitos amigos - que me solicitaram o registro por e-mail para repassar às suas listas de contato.
(...)
Sexta-feira retorno ao Rio para novo carregamento.
Incluam-nos - todos - em suas preces pois precisamos de todas elas!!!!!!!!!!
Fiquem com Deus e muuuuuuuuuuuuito obrigada!

  • Material de higiene pessoal - sabonete, creme dental, xampú, creme para cabelos, escova dental, prestobarba, pentes e agora também pente fino e remédio para combater piolho
  • Material de limpeza - cloro, sabão em pó, desinfetante, detergente, sabão em pedra, palhas de aço, bombril, pano de chão, vassoura, rodo.
  • Fraldas geriátrica e infantil tamanhos P - M - G
  • Roupas intimas SEM USO para crianças e adultos tais como calcinhas e cuecas
  • Manteiga, margarina, sucos diversos e massa de tomate

    Os voluntários da área de saúde elaboraram uma lista de prioridades
    que transcrevo abaixo:
  • seringas 5, 10 e 20 ml
  • micropore
  • soro fisiológico
  • luvas
  • máscaras
  • insulina
  • kollagenase
  • soro pedialite
  • buscopan (comprimido e gota)
  • omezolan (omeprazol)
  • daflon
  • dorflex
  • rivotril
  • floratil
  • gardenal 100mg (fenobarbital)
  • dersani
  • atrovent
  • glibenclamida
  • cefalexina 500mg
  • diclofenaco resinato - gotas
  • amoxicilina 500 mg
  • xarope  (tosse) "
 Muita gente não atingida ainda não parou para pensar: "E se fosse comigo?"




22 de jan de 2011

Doação inteligente e responsável

A mensagem reproduzida abaixo mostra que até na solidariedade é preciso ordem e bom-senso, para que os problemas dos necessitados sejam realmente resolvidos ou atenuados, especialmente em momentos de catástrofes como a que acometeu a região serrana do Rio de Janeiro neste início de 2011.
Recebi-a por e-mail, e seu autor, um Tenente-Coronel do Corpo de Bombeiros, relata sua experiência.

“Durante anos fui instrutor de sobrevivência do Corpo de Bombeiros e trabalhei em várias missões de resgate à desabrigados e na área de Defesa Civil durante trinta anos, e isto nos dá uma certa experiência de ordem prática.

O gerenciamento de desastres de grande magnitude é confuso para todos e principalmente para nós bombeiros, em que os quadros de sofrimento nos impactam severamente. É extremamente difícil nestas situações se ter preciosismos, resposta, decisões, procedimentos operacionais e formulários para tudo, nem os melhores bombeiros ou equipes de Defesa Civil do mundo os tem. E há e sempre haverão um número considerável de falhas nesse sentido. Não há como ter “preciosismos em meio ao caos”.

Hoje os desabrigados especialmente em Nova Friburgo estão passando necessidades, e a situação já tende a ser crítica.

Se pedem donativos, e milhares de donativos estão já em andamento, mas infelizmente em virtude do excesso de trabalho local da Defesa Civil não se especificam detalhadamente quais exatamente e com isso chegam materiais que são inservíveis e criam problemas maiores de armazenamento e distribuição. E realmente o que comprar, o que doar?

Esta é uma lista a qual como sugestão particular ( NÃO OFICIAL ), recomendo que seja enviado, e alguns os quais parecem estranhos, tem sua justificativa em parênteses. Vá ao supermercado. Adquira o máximo que puder. Coloque em sacos daqueles grandes ou de ráfia e os amarre bem, pois em sacolas de supermercado convencional elas se rasgam e material se perde, cai no chão estraga-se ou é desviado.
Se este kit ficar demasiado caro, reúna seus amigos e vizinhos e pegue parte daquele dinheiro do chopp, do churrasco ou da feijoada de hoje – sábado – e monte este kit - lembre-se enquanto você come e se diverte hoje, muitos estão a apenas alguns quilômetros do Rio sofrendo as maiores necessidades.

Entregue em um ponto de donativos ( Bombeiros, Cruz Vermelha, Polícia Militar, Correios etc.).

Segue abaixo a listagem (recorte-a, imprima-a e leve-a ao supermercado):

  • GALÕES DE ÁGUA - 20 LITROS (ÁGUA É O ITEM MAIS IMPORTANTE NESTA HORA E É EXTREMAMENTE CONSUMIDA)
  • CAIXAS DE FÓSFOROS
  • COPOS DESCARTÁVEIS ( MUITOS NÃO TEM SEQUER COPOS OU PRATOS MAIS)
  •  PRATOS DESCARTÁVEIS
  • TALHERES DESCARTÁVEIS
  • POTES PLÁSTICOS (TEM SEMPRE UTILIDADES DIVERSAS)
  • TOALHAS
  • VELAS ( COM A BASE MAIS LARGA MELHOR EVITA QUEDAS E POSSÍVEIS INCÊNDIOS)
  • SABONETES
  • BARBEADORES DESCARTÁVEIS
  • PENTES OU ESCOVAS
  • ESPELHOS PEQUENOS ( PARA A HIGIENE PESSOAL E AJUDA A MELHORAR A APARÊNCIA E A AUTO ESTIMA)
  • PASTA DENTIFRÍCIA
  • ESCOVA DE DENTES
  • AGULHA (PARA COSTURAR ROUPAS RASGADAS)
  • LINHA (PARA COSTURAR ROUPAS RASGADAS)
  • PANOS DE CHÃO (ESTÁ TUDO ÚMIDO)
  • ARROZ
  • SAL
  • FEIJÃO
  • SACOS DE CARVÃO ( FOGÕES FORAM LEVADOS PELA ÁGUA E POUCO ADIANTA GÁS)
  • PANELAS
  • ABSORVENTES ÍNTIMOS
  • PAPEL HIGIÊNICO
  • FRALDAS DESCARTÁVEIS
  • MACARRÃO
  • SARDINHA OU ATUM EM LATA (PARA SERVIR COMO MISTURA À COMIDA)
  • SALSICHA OU PATÊ LATA (PARA SERVIR COMO MISTURA À COMIDA E PÃO)
  • ERVILHA EM LATA
  • MILHO EM LATA
  • BARRAS DE CEREAL (FIBRAS)
  • BARRAS DE CHOCOLATE (ENERGIA)
  • BALAS OU PIRULITOS ( PARA AS CRIANÇAS AJUDA A REDUZIR A TENSÃO EMOCIONAL)
  • CHICLETES ( PARA OS ADULTOS AJUDA A REDUZIR A TENSÃO EMOCIONAL E EVITA O USO DE CIGARROS E ÁLCOOL)
  • LEITE EM PÓ – NÃO LÍQUIDO
  • AÇÚCAR
  • DETERGENTE LÍQUIDO
  • UMA PANELA QUALQUER TIPO ( PARA AQUECER COMIDA, ÁGUA ETC. – MELHOR TIPO LEITEIRA POIS É MULTIUSO)
  • BISCOITOS DIVERSOS
  • CAFÉ SOLÚVEL
  • CHÁ MATE (DIURÉTICO E ESTIMULANTE)
  • SOPAS PRONTAS
  • CHÁS DIVERSOS  - CIDREIRA, ERVA-DOCE ETC. (CALMANTES, DIGESTIVOS ETC.)
  • PÃO FRANCÊS ( MESMO ENDURECIDO PODE SER REAPROVEITADO)”

Eu acrescentaria:
  • ROUPAS ÍNTIMAS
  • COLCHONETES 
  • PENSAMENTOS POSITIVOS (isto não é material, mas seu poder energético é inquestionável, podendo auxiliar, mesmo à distância e de forma genérica, na harmonização tanto das vítimas quanto dos socorristas)  
Se você quer e pode fazer algo para ajudar, faça.  Imagine-se no lugar do outro, daquele desabrigado que precisa contar com a boa vontade alheia. Não se impressione com pessoas que desviam donativos; felizmente, esta minoria ainda não conseguiu entender porque está aqui, neste mundo.

11 de jan de 2011

Problemas do cotidiano. Um leve desepero.

A mulher desce do carro, e diríge-se à uma funcionária, caixa do pequeno mercado.
- Me empresta uma caneta?
A funcionária empresta a caneta, e a mulher vai até o carro, onde escreve alguma coisa. A caixa parece incomodada, não sei se com o risco de perder a caneta ou com a falta de educação da mulher, que ao retornar e devolver a caneta, simplesmente diz:
- Aqui a caneta, ó.
E adentra o mercado com seus acompanhantes.

Percebi que eu, cliente em compras, também tinha ficado incomodado. O motivo real, meu e da funcionária, foi o desprezo da tal mulher por um outro ser humano, expresso simplesmente na ausência de curtíssimas frases como "por favor" e "obrigado". 
Como eu não compro barulhos alheios, só me imaginei no lugar da caixa, dizendo ironicamente: - De nada, senhora. Foi um prazer!

2 de jan de 2011

Ensaio sobre a beleza

A beleza física é um colírio para os olhos, conforme os critérios de cada observador. Mas, como tudo na vida material, é efêmera. Os anos passam e se encarregam de arruinar aquilo que outrora era admirável. Muitas relações se desfazem por conta disso: escolhe-se alguém bonito para compartilhar a vida a dois, sem levar em conta a "certeza" das rugas do envelhecimento, a calvície, a obesidade, as enfermidades próprias da idade. Logicamente, os recursos hoje disponíveis podem disfarçar muitos desses efeitos do tempo, mas não os eliminam, isso sem contar que muitas pessoas nem têm acesso a esses recursos. Então, quando a beleza desaparece, desaparece o “amor”, e busca-se outro par, geralmente mais belo, por ser mais jovem.
Relações que tem por base somente o desejo vinculado à estética do outro tem prazo de validade determinado.
Há seres que possuem outro tipo de beleza, não visível aos olhos do outro. Ou, melhor, ela é perceptível também pela visão, mas não somente.  Dizem que os olhos são a janela da alma, e talvez seja exatamente isso: o que vemos é a alma do outro, o que também explica ás vezes sentirmos um desagradável desconforto diante de uma pessoa fisicamente linda. Uma alma virtuosa transparece sua virtude independentemente da estética do corpo que ocupa; ela conquista quem lhe esteja receptivo. Sua beleza está nos seus gestos e nas suas atitudes, resultado das virtudes já adquiridas e que dificilmente o tempo apagará. Relações baseadas também no desejo, mas vinculado este à beleza da virtude do outro, têm validade indeterminada.

Seja por auto-estima, seja para conquistar um par, ou seja por ambos motivos,  é válida a utilização de técnicas de rejuvenescimento, ou de embelezamento artificiais ou naturais - como cirurgias plásticas, silicone, botox, roupas com enchimentos, alisamento dos cabelos etc.  Mas estes recursos tendem a camuflar o verdadeiro ser que, se ainda não revelado e percebido, transparecerá em algum momento, e isso poderá surpreender o outro, seja na estética física, seja na virtude da alma, e o amor então ser posto à prova.

Alguns podem entender que esta é uma  defesa da escolha de um par “feinho” para uma relação a dois, o que não é verdade: encontrar alguém bonito “por dentro e por fora” para dormir, acordar e viver com a gente, não só é possível como é desejável.
Quem gostaria de dormir com uma pessoa que na manhã seguinte estará transformada, para pior, em outra pessoa?

Muito boa! Incrível! Não deixe(m) de ler! Urgente!

Horrível essa!!
Muito boa! (e suas variações: Muito boaaa, muuuito boa etc.)
Essa é boa!
(Podem vir acompanhadas de Rs, Tsk, Uau!, !!!, Enc, Re, )
Nunca é demais lembrar
Pérolas inéditas
Incrível
Urgente! (acompanhando FW e ENC, geralmente são correntes e/ou boatos, e nenhuma realmente é urgente)
Não deixe(m) de ler!
Linda mensagem! (e suas variações: Lindaaaa... etc.)
Legal!
Genial!
E as incógnitas: Enc: Enc: Fwd:, (sem assunto)

... 

Meu caro amigo, me perdoe por favor*, mas preciso comentar isso.
Recebo inúmeras mensagens de e-mail com estes e outros títulos chamativos no campo "assunto". Se você chegou até aqui através do título da postagem, talvez se decepcione com o conteúdo dela. Nesse caso, vai entender meus comentários a seguir.

Várias vezes abri os tais e-mails, e na imensa maioria das vezes cada conteúdo estava bem aquém do  que anunciado nos títulos. Como normalmente estes títulos também não oferecem idéia do que diz a mensagem, e abri-las geralmente me causa frustração, opto invariavelmente por guardá-las sem abrir em uma pasta separada, para que, quando sobrar tempo, possa examinar uma a uma.
Aí reside o problema maior: a falta de tempo e o desânimo de ver uma mensagem já vista e revista outras vezes, ou alguma outra totalmente dispensável, como os boatos que rodam a web há anos sem que os remetentes se dêem ao trabalho de comprová-los ou não antes de encaminhá-los, fazem-me não ter a menor vontade de checar-lhe o respectivo conteúdo. A tal pasta vai enchendo de mensagens não lidas, sem que eu tenha coragem de descartar nenhuma. Afinal, são meus amigos, que tiveram o trabalho e o carinho de lembrar de mim ao mandar aquela mensagem.

Se você for um destas pessoas que (me) mandam msgs assim, pense nisso. Suas mensagens podem não estar despertando mais a (minha) curiosidade. Então, proponho que você, caro amigo, fuja dos títulos comuns e muito vagos; forneça mais informações sobre o que o destinatário  (eu) irá encontrar nas mensagens enviadas por você, já no campo "assunto", inclusive o tipo de anexo (áudio, vídeo, PPT ou PPS, DOC, JPG... e evite mudar o nome do arquivo). Do contrário, se ela for inédita para o destinatário (eu), mas vier com um título (campo "assunto"!) comum e não específico, é possível que seja considerada como já vista antes e seja descartada, o que seria uma pena.

Vamos lá, exercite sua criatividade, mas sem perder a objetividade; para o bem da amizade: nem todo mundo é tão diplomático quanto estou sendo agora.

(Não digo que nunca bebi desta água, seria hipocrisia. Mas se podemos melhorar ou contribuir de algum modo com a melhoria das relações humanas,  estou dando minha contribuição.)

(*) Frase extraída da canção "Meu caro amigo", de Chico Buarque e Francis Hime

Posse da presidenta: Os presentes e as presentas ficaram contentes e contentas...

Posse da presidenta: Os presentes e as presentas ficaram contentes e contentas na festa da posse da presidenta. Já os seguranços, que correram ao lado do carro presidencial, ficaram exaustos. Uma das seguranças, minha parenta, não pode ir por ter ficado doenta, sendo substituída por uma tenenta.

Língua portuguesa não é minha especialidade (e nem pretendo que seja, deixo isso para quem entende), mas esse negócio de 'presidenta' ainda me causa estranheza aos ouvidos.

Tudo bem ela queira ser chamada assim, que os dicionários admitem as duas formas de gênero - presidente ou presidenta - e que o uso é que determina a aceitação ou não desta ou daquela expressão pelo povo; mas algumas pessoas defendem presidenta como forma de solidificar a participação da mulher na sociedade. Com isso concordo, quando os substantivos terminarem em 'o' e puderem ser substituídos por 'a'. No caso daqueles terminados em 'nte', que não determinam se o gênero é masculino ou feminino, vejo como muito mais prático, estético e de bom senso a simples troca do artigo ou do pronome que o antecede.

Das justificativas que procurei para confirmar minha impressão, esta me pareceu a melhor delas:

"No português existem os particípios ativos como derivativos verbais. (...) O particípio ativo do verbo ser é 'ente'. Aquele que é: o 'ente'. Aquele que tem entidade.
Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a ação que expressa um verbo, há que se adicionar à raiz verbal os sufixos ante, ente ou inte. Portanto, a pessoa que preside é PRESIDENTE, e não 'presidenta', independentemente do gênero, masculino ou feminino. Se diz capela ardente, e não capela "ardenta"; se diz estudante, e não "estudanta"; se diz adolescente, e não "adolescenta"; se diz paciente, e não "pacienta". " (Fonte: Yahoo! Respostas)
Eu acrescentaria, ainda, que também se diz gerente, e não gerenta; concorrente, e não concorrenta; servente, e não serventa;  paciente, e não pacienta; tenente, e não tenenta...