2 de jan de 2011

Muito boa! Incrível! Não deixe(m) de ler! Urgente!

Horrível essa!!
Muito boa! (e suas variações: Muito boaaa, muuuito boa etc.)
Essa é boa!
(Podem vir acompanhadas de Rs, Tsk, Uau!, !!!, Enc, Re, )
Nunca é demais lembrar
Pérolas inéditas
Incrível
Urgente! (acompanhando FW e ENC, geralmente são correntes e/ou boatos, e nenhuma realmente é urgente)
Não deixe(m) de ler!
Linda mensagem! (e suas variações: Lindaaaa... etc.)
Legal!
Genial!
E as incógnitas: Enc: Enc: Fwd:, (sem assunto)

... 

Meu caro amigo, me perdoe por favor*, mas preciso comentar isso.
Recebo inúmeras mensagens de e-mail com estes e outros títulos chamativos no campo "assunto". Se você chegou até aqui através do título da postagem, talvez se decepcione com o conteúdo dela. Nesse caso, vai entender meus comentários a seguir.

Várias vezes abri os tais e-mails, e na imensa maioria das vezes cada conteúdo estava bem aquém do  que anunciado nos títulos. Como normalmente estes títulos também não oferecem idéia do que diz a mensagem, e abri-las geralmente me causa frustração, opto invariavelmente por guardá-las sem abrir em uma pasta separada, para que, quando sobrar tempo, possa examinar uma a uma.
Aí reside o problema maior: a falta de tempo e o desânimo de ver uma mensagem já vista e revista outras vezes, ou alguma outra totalmente dispensável, como os boatos que rodam a web há anos sem que os remetentes se dêem ao trabalho de comprová-los ou não antes de encaminhá-los, fazem-me não ter a menor vontade de checar-lhe o respectivo conteúdo. A tal pasta vai enchendo de mensagens não lidas, sem que eu tenha coragem de descartar nenhuma. Afinal, são meus amigos, que tiveram o trabalho e o carinho de lembrar de mim ao mandar aquela mensagem.

Se você for um destas pessoas que (me) mandam msgs assim, pense nisso. Suas mensagens podem não estar despertando mais a (minha) curiosidade. Então, proponho que você, caro amigo, fuja dos títulos comuns e muito vagos; forneça mais informações sobre o que o destinatário  (eu) irá encontrar nas mensagens enviadas por você, já no campo "assunto", inclusive o tipo de anexo (áudio, vídeo, PPT ou PPS, DOC, JPG... e evite mudar o nome do arquivo). Do contrário, se ela for inédita para o destinatário (eu), mas vier com um título (campo "assunto"!) comum e não específico, é possível que seja considerada como já vista antes e seja descartada, o que seria uma pena.

Vamos lá, exercite sua criatividade, mas sem perder a objetividade; para o bem da amizade: nem todo mundo é tão diplomático quanto estou sendo agora.

(Não digo que nunca bebi desta água, seria hipocrisia. Mas se podemos melhorar ou contribuir de algum modo com a melhoria das relações humanas,  estou dando minha contribuição.)

(*) Frase extraída da canção "Meu caro amigo", de Chico Buarque e Francis Hime

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Concordando ou não com ele, provavelmente nos será útil, de alguma forma.