10 de mar de 2012

Ouvi na rua: filhos especiais

Duas mulheres estavam na pracinha próxima de minha casa, enquanto um menino especial brincava num balanço.
Uma delas, a mãe do garotinho, diz:

- Deus é muito justo. Deus me deu ele assim para eu cuidar dele; se não, poderia estar jogado por aí.

Não entendi bem se ela quis dizer se o filho fosse 'normal', que ela poderia não ter tantos cuidados, ou se fosse uma outra mãe, esta poderia não tratar bem da criança e até mesmo abandoná-la.

Não importa: Deus é justo, e aquele menino tem uma mãe zelosa, que entende e atende a vontade Divina.

Um comentário:

  1. Perfeito seu último comentário,exatamente o que eu estava pensando...

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário. Concordando ou não com ele, provavelmente nos será útil, de alguma forma.