25 de mai de 2012

Babaca é você. (Ou será que sou eu?)

Um repórter de TV, ao fim de jogo de futebol em que um dos atacantes marcou três gols na partida, solicita ao atleta que este peça uma música - uma habitual brincadeira feita por um programa das noites dominicais da maior rede de televisão do país. Parecendo não entender do que o repórter falava (o atleta é estrangeiro, mas atua no país faz algum tempo), o rapaz recusa a pedir a música, que seria qualquer uma da qual ele gostasse. O repórter não pareceu se abalar, mas ao bem-humorado apresentador do tal programa restou a indignação em tom de brincadeira: “COMO ASSIM, ELE NÃO PEDIU MÚSICA?”, e uma música intitulada “Nenhuma” de uma banda baiana foi ao ar e encerrou a matéria. 

Mas não encerrou a questão: por conta disso, outro jornalista da mesma emissora classificou posteriormente o jogador de “BABACA” numa rede social. Do ponto de vista do apresentador e desse jornalista, foi estranhíssima e desrespeitosa a OUSADIA do atleta, talvez – em minha opinião – por ter se recusado a participar de uma brincadeira do maior conglomerado de comunicação do país.

No dia seguinte, o jogador desculpou-se dizendo que não conhecia a brincadeira, já que por ser estrangeiro, não conseguia entender direito o que se passava nos nossos programas de TV; mas também disse, mais tarde, que não era obrigado a participar da brincadeira. O jornalista, por sua vez, retirou o comentário depreciativo da rede social, e pronto. 

Pronto para eles, mas eu fiquei refletindo quem seria o BABACA, afinal: 

http://www.sxc.hu/photo/543591
  • O jogador, que desafiou - ainda que involuntariamente, um comportamento “geral” estabelecido no jornalismo de entretenimento, muito comum na atualidade? ou
  • O apresentador e o jornalista que se indignaram com a recusa, já que ambos são contratados da emissora, fazem parte da equipe que leva ao ar a tal brincadeira no programa, que crêem que TODA a população assista a este programa, e que confundiram "direito a pedir música" com  "dever de pedir"? ou
  • Quem, como eu, que vez ou outra assiste os gols da rodada no citado programa, mas também acha uma BABAQUICE este momento dos jogadores pedirem música por terem feito três ou mais gols num mesmo jogo? ou
  • Aqueles que (como eu também), nem sempre sabem ou não se interessam em saber o que acontece em determinados programas da TV?

Para ajudar na reflexão, alguns significados de BABACA:

BABACA
(origem controversa)
adj. 2 g. s. 2 g.
1. [Brasil]  Que ou quem é muito ingênuo. = BOBO, BOBOCA, TOLO
2. [Brasil]  Que ou quem tem pouca inteligência ou capacidade de decisão. = BOBO, BOBOCA
adj. 2 g.
3. [Brasil, Informal]  Que não é estimulante, interessante ou relevante (ex.: personagem babaca). = DESINTERESSANTE, IRRELEVANTE, SUPERFICIAL
s. f.

E, já que entrei na “brincadeira”...

BRINCADEIRA: s.f. Ação de brincar, divertimento.
Sinônimos: Gracejo, zombaria, palhaçada, peça, travessura, chacota, graça, farra, folgança, folguedo, folia, galhofa, gaudério, pândega...

BABACA, para mim, é aquele que não respeita, por arrogância, os direitos do outro.


Fontes: http://www.youtube.com/watch?v=yQuMG_CAg88 , http://www.portaldepaulinia.com.br/esportes/noticias/15642-reporter-da-globo-chama-herrera-de-babaca.html,  http://origemdapalavra.com.br/palavras/babaca/ , http://www.priberam.pt/dlpo/default.aspx?pal=babaca , http://origemdapalavra.com.br/palavras/babaca/ , http://www.antonimosesinonimos.com.br/brincadeira/, http://www.dicio.com.br/brincadeira/ .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Concordando ou não com ele, provavelmente nos será útil, de alguma forma.