27 de nov de 2012

A sacola de dinheiro do Joaozinho - digo, Serginho

Joaozinho - digo, Serginho - chega em casa periodicamente com uma sacola cheia de dinheiro extra.
Sua família, que vive muito modestamente com uma renda bastante limitada (falta dinheiro para despesas com saúde e educação, por exemplo) até sabe de onde vem esse dinheiro, mas Joaozinho - digo, Serginho - não revela quanto tem na sacola e nem o que faz com este dinheiro.

No entanto, Joaozinho - digo, Serginho - diante da possibilidade de perder uma grande parte da quantia que vem periodicamente na sacola, conclama sua família a defender este dinheiro para ele.

Só pode ser piada, né?

Mas não é.

Joazinho - digo, Serginho, não se importa com Lei, com a Ética ou com Transparência. Ele não se importa com ninguém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Concordando ou não com ele, provavelmente nos será útil, de alguma forma.