2 de out de 2013

A Grande Batalha da Educação no Rio

Fora a discussão sobre a tentativa de prefeite, châmara, alerjada e governadura instaurarem uma nova ditadura (estão trabalhando fortemente neste sentido), desafiando o poder e a vontade da população, existem fatos nesta questão do PCCR da Educação carioca que a imprensa não dá muito espaço, seja lá qual for o motivo. A briga, em si, dá bem mais audiência que este fatos, que vão além do que é dito pelas partes. Toda esta batalha, talvez, poderia ser evitada com alguma transparência (de documentos) para a sociedade, o que também evitaria esta historia de um ficar tentando colocar a população contra o outro.

A quem interessar possa, principalmente aos professores, seguem versões documentadas das partes. Independentemente destas versões, todos estamos vendo e sentindo os efeitos de como anda a Educação pública não só no Rio, mas no país inteiro nas últimas décadas.

O tal Plano da Prefeitura aprovado pela câmara e sancionado pelo prefeite - http://www.rio.rj.gov.br/dlstatic/10112/126674/4108733/EducacaoRio_vf.pdf

Aqui, detalhado com perguntas e respostas - http://www.rio.rj.gov.br/web/guest/exibeconteudo?id=4380897

Um comunicado oficial da prefeitura, incluindo as emendas dos vereadores - http://www.rio.rj.gov.br/documents/2610797/4380477/Comunicado_Oficial_da_Prefeitura_do_Rio_sobre_o_PCCR.pdf?version=1.0

Aqui, o que diz o SEPE - http://www.seperj.org.br/admin/fotos/boletim/boletim328.pdf

As reivindicações originais dos professores da rede municipal de ensino - http://www.seperj.org.br/ver_noticia.php?cod_noticia=4332

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Concordando ou não com ele, provavelmente nos será útil, de alguma forma.