24 de out de 2014

Qual o melhor candidato para você?

Qual o melhor candidato para você?

Nestas tão disputadas e peculiares eleições presidenciais de 2014, é bom refletir:

O melhor candidato é aquele...

Que pode atender às suas espectativas pessoais?
Que pode atender às suas espectativas familiares?
Que pode atender às suas espectativas profissionais?
Que pode atender às suas espectativas sociais?

Que não se envolva em escândalos?
Que abafe os escândalos?

Que possa aumentar o poder de compra dos mais pobres, desde que também aumente o seu?
Que possa aumentar o poder de compra dos mais pobres, independentemente do seu?

Que, por quaisquer meios, não permita às "pessoas diferenciadas" o acesso aos mesmos lugares e produtos que você dispõe?
Que, ao contrário, permita à estas "pessoas diferenciadas" o acesso aos mesmos lugares e produtos que você dispõe?

Em resumo, você tem todo o direito de escolher um candidato que possa governar de acordo apenas com os seus interesses particulares, mas não pode esquecer - como muitos de nossos presidentes anteriores esqueceram - de que um presidente eleito deve governar de acordo com os interesses de todos os habitantes do país, ou, pelo menos, da maioria destes habitantes... Agora, convenhamos: desde o "descobrimento" do Brasil a maioria não teve as mesmas oportunidades de poderes e de progresso  que a minoria teve.

Escândalos de corrupções? Para muita gente, "esclarecida" até, isso não é motivo para preterir candidatos: estão aí os "Maluffs"e os "Collors" para provar isso.

Não, não sou PTista, lulista ou dilmista, e nem, talvez, esquerdista. Mas ao contrário de muitos PSDBistas, Aecistas, FHCistas ou quaisquer outros direitistas ou neo-liberalistas, eu não me incomodaria com pessoas trajando bermudas e camisetas e calçando sandálias Havaianas sentadas ao meu lado num avião, ou usando iPhones iguais ao meu*, porém comprados em 10 vezes sem juros nas Casas Bahia.


(*) É só figurativo, na verdade eu nem tenho um, nem faço questão de ter só por que todo mundo tem.

Nenhum comentário: