13 de abr de 2008

Queridos Amigos:

Assisti à minissérie da TV, boa produção nestes dias de mediocridade criativa dos autores, e técnica, dos diretores, de uma forma geral. A história, em si, não vou comentar: no site da emissora tem informações suficientes.

Mas não posso deixar de dizer que o tema o elenco foram as coisas que me atraíram. Está cada vez mais raro ver um numeroso e talentoso elenco, junto, num trabalho interessante e bem produzido. Dá prazer. Acho que em qualquer área, mas não tenho acesso a todas... Quando todos são bons e se afinam, um projeto flui melhor e isso acaba envolvendo os que se beneficiam desta atividade direta ou indiretamente.

Aí entra o tema: a amizade!

A presença dos amigos é de extrema importância: o afeto, o abraço, o beijo. A lembrança é também muito importante, seja por um telefonema, por uma carta, por um e-mail. Porém, o afeto transcende o contato direto ou indireto. Particularmente, tenho descuidado, quanto ao contato, com alguns de meus amigos, mas continuo nutrindo grande estima por cada um. Ainda que de algum modo ausente de suas vidas, sinto-me bastante querido por eles e espero que eles sintam o mesmo de minha parte.

Amigos entram e saem de nossas vidas, fisicamente. As separações, temporárias ou definitivas, são inevitáveis; a amizade, no entanto, deixa marcas profundas no ser. Quando dizemos “gostava tanto de fulana” sobre alguém que já não nos partilha a convivência, na verdade não deixamos de gostar. Continuamos gostando, porque o amor puro e simples transcende o tempo e o espaço. Amigos sinceros se afinam, toleram as deficiências mútuas e se ajudam a crescer. Um bom elenco de amigos só pode resultar num projeto de amizade de muita qualidade.

Então, meus queridos amigos que estejam lendo estas despretensiosas linhas: o meu projeto inclui vocês, ainda que distantes neste tempo-espaço.

Um comentário:

  1. Edu
    Foi otima a tua reflexão sobre o valor da amizade, me lembrou que tb tenho deixado de procurar algumas pessoas que me são muito caros. Não podemos ser "engolidos" pelo dia a dia pela luta sem fim do trabalho.
    Em relação a série da TV concordo plemamente foi uma excelente obra.
    abraços
    Carlos Romero

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário. Concordando ou não com ele, provavelmente nos será útil, de alguma forma.