15 de jan de 2010

Troféu "Perdi uma ótima chance de ficar calado!"

O troféu "Perdi uma ótima chance de ficar calado!" é uma criação deste blog (pelo menos, ainda não vi nada parecido!) e é conferido às personalidades que andaram soltando o verbo sem pensar, sem querer ou mesmo sem saber, na grande mídia.

Em sua estréia ele premiou o jornalista Bóris Casoy pelas declarações preconceituosas e prepotentes sobre garis que, no telejornal apresentado por Bóris, desejaram feliz 2010 aos telespectadores. Logicamente, o até então conceituado jornalista não disse isso no ar, mas sua voz pôde ser ouvida em off, após o término da última edição de 2009 do telejornal.

Mas Bóris nem têve tempo de comemorar direito: o troféu já mudou de mãos. Desta vez ele foi conquistado pelo cônsul geral do Haiti em São Paulo, Gerge Samuel Antoine que, sem saber que estava sendo gravado, disse que o terremoto do último dia 12 no Haiti está "sendo bom" para seu trabalho e que a tragédia pode ter ocorrido por causa da religião praticada por boa parte dos haitianos, descendentes de africanos. Segundo ele, "A desgraça de lá está sendo uma boa pra gente aqui, fica conhecido. Acho que de, tanto mexer com macumba, não sei o que é aquilo... O africano em si tem maldição. Todo lugar que tem africano lá tá f..."

Se formos concordar com este raciocínio, seria lógico concluir que se ninguém tivesse ido à África buscar mão-de-obra escrava, não haveria miséria nem terremoto no Haiti. Talvez, só na África mesmo...
A corda sempre arrebenta do lado mais fraco, não é Sr. Consul? Para sorte do planeta, o Sr. não é, assim... uma Brastemp.

Quem será o próximo ganhador do troféu "Perdi uma ótima chance de ficar calado!"?

2 comentários:

  1. Outro candidato e o sacerdote cristao Pat Robertson. Para ele a culpa do terremoto e dos próprios haitianos, que não passam de adoradores do diabo (90% são católicos):

    http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2010/01/17/deus-o-diabo-no-haiti-258369.asp

    ResponderExcluir
  2. A lista dos indicados é grande... Eu não dou conta sozinho; então, me ajudem! Quem sabe, não faço a versão "os melhores do ano"?

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário. Concordando ou não com ele, provavelmente nos será útil, de alguma forma.