3 de jan de 2008

Meu Natal na TV

A TV Futura exibiu o filme Dr. Jivago, acho que todos os dias. É uma versão sem o Omar Schariff, deve ser atual. Vi alguns trechos, alguns dias; nunca vi o filme inteiro, nem na clássica versão. Não por falta de vontade.

Ainda na Futura, um show para crianças (acho que todos os dias também) me prendeu mais a atenção, especialmente por uma música: “O que é que tem na sopa do neném”. Muito divertida, com uma performance legal dos artistas - Palavra Cantada - e ótima interação com a platéia de adultos e crianças, que receberam colheres de sopa para auxiliar a percussão. Fiquei na dúvida se fui “fisgado” pelo meu instinto paternal ou pelo meu “Estado do Ego Criança” (segundo aprendi na Análise Transacional com meus amigos Fagim e Dani, e estou desenvolvendo nas aulas de Biodanza com a Irene). De qualquer modo, sempre gostei de bons programas infantis. Acho que não estou fadado a ser um velho totalmente chato!

Na TV aberta, só gostei do especial com o Luiz Fernando Guimarães, principalmente pela adorável participação da Cláudia Abreu, e de alguns filmes da TV Brasil (antiga TVE), entre eles Anahy de Las Missiones (tá, este tinha a Dira “Solineuza” Paes no elenco, mas o filme é bom!).

Quanto à Xuxa, Didi e Lili, Roberto Carlos, Ivete Sangrá-lo... Prefiro não comentar, já que fiz questão de não assistir. Mas não condeno quem gosta: ninguém é perfeito!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Concordando ou não com ele, provavelmente nos será útil, de alguma forma.