17 de fev de 2011

A generosidade da oposição na votação do salário mínimo

Parlamentares não votam o novo salário mínimo com a mesma velocidade e generosidade com que votam seus próprios salários. Discutem, discutem e discutem, até que a maioria opta pelo...  mínimo.

A oposição é sempre generosa com o povo na votação do mínimo, mas nunca é maioria. E só é generosa enquanto oposição.

Na hora de aumentar o mínimo, o temor é de uma quebradeira econômica no país, mas na hora de aumentarem seus próprios salários, eles não se preocupam com isso. Não temem sequer a rejeição popular, já que o povo não tem memória alguma.

Já que eles votam os salários dos brasileiros, o plenário deveria ser aberto ao povo - como o é para visitação, e eu já estive lá - para propostas e a votação do salário deles, também. Seria muito mais justo.

E por falar na Justiça...

Um comentário:

  1. E isso aqui? Será verdade?

    http://oglobo.globo.com/pais/mat/2011/03/03/ida-de-acusados-de-corrupcao-para-comissoes-ameaca-democracia-diz-analista-923938150.asp

    ResponderExcluir

Obrigado por seu comentário. Concordando ou não com ele, provavelmente nos será útil, de alguma forma.