31 de jul de 2012

Só no dicionário o "Pagamento" vem antes do "Trabalho".

Tenho observado e ouvido por aí um interesse crescente de pessoas querendo garantir o "pão de cada dia" e outros benefícios antes mesmo de provarem que são capazes e/ou merecedores da recompensa pelo seu trabalho. Curiosamente, percebo que isso vem ocorrendo mais frequentemente na prestação de serviços que envolvem mão-de-obra não qualificada. As exigências por parte destes trabalhadores começa antes mesmo - ou bem no início - da relação de trabalho. Todos precisamos e queremos ganhar dinheiro, mas creio que parte da população de baixa renda esteja habituada a receber sem contrapartida os benefícios ofertados pelo Estado, o que estaria estimulando este comportamento "dê cá, tome lá" frente aos contratantes de seus serviços profissionais. Acontece que uma relação assim não se concretiza, ou então não tem longevidade, já que começa deteriorada. Fora aqueles trabalhadores já estabelecidos e devidamente reconhecidos, que são até disputados por patrões e empresas, os demais precisam mostrar serviço antes de fazerem exigências. Isso se desejarem algo mais para suas vidas do que viver com um "Bolsa-Alguma-Coisa-Qualquer". É fundamental se fazer merecedor, provar o seu valor e talento; depois de conseguir isso, o indivíduo pode até se dar ao luxo de escolher propostas recebidas, sem esquecer de que não basta conquistar, é preciso manter-se merecedor da conquista. Ao se aposentar ou sair do trabalho, este profissional deixa saudades.

Dia desses ouvi parte de uma palestra na TV em que um pastor falava sobre a excelência: fazer o melhor que se possa, quando e onde estiver.
Se o seu melhor for limitado, procure ampliá-lo através da observação, do raciocínio, da emoção, da aquisição de conhecimento geral e específico. Quem fizer isso não precisará depender de muleta ou esmola social oferecida por governo algum, já que dependerá apenas de seu esforço e interesse para conquistar seja lá o que for.

Adaptando uma frase atribuída a Albert Einstein ("O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário."), embora seja praticamente a mesma coisa eu diria que "a recompensa só vem antes do trabalho no dicionário".

Toma lá, dá cá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário. Concordando ou não com ele, provavelmente nos será útil, de alguma forma.